O documentário "Maria - Não se esqueça que eu venho dos trópicos" explora a relação entre a vida e a arte de Maria Martins (1894-1973), hoje reconhecida como uma das maiores escultoras brasileiras. Além de suas esculturas, gravuras e textos, o filme também revela as cartas de Marcel Duchamp, com quem Maria manteve um relacionamento afetivo e artístico. O tratamento cinematográfico revela a grandiosidade de sua obra e seu pioneirismo com uma nova e ousada visão feminina.

Veja as entrevistas →